sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Notícias - Novembro 2010



Nampula - Moçambique, novembro de 2010.
Queridos irmãos e amigos, que esta os encontre na graça e na paz de nosso Senhor Jesus.
É incrível como o tempo passa rápido, já estamos em Moçambique há nove meses! Nove meses de muitas lutas, muito trabalho e muita vitória para a glória de Deus.
A cada semana que passa temos aprendido mais e mais sobre a vida e a cultura em Moçambique. É claro que nem tudo é só beleza numa cultura, temos visto o quanto sua cultura muitas vezes os fazem sofrer, pois as normas culturais os obrigam a fazer coisas horríveis. Graças a Deus que o Evangelho não é apenas a religião do estrangeiro, do europeu ou do americano, mas é a menságem de Deus para a salvação de toda língua, povo e nação. Aleluia!
O trabalho de adaptação do Estudo Bíblico Cronológico tem caminhado muito bem. Agora estamos começando uma pesquisa para comparar a Igreja Moçambicana com um Modelo de Igreja Madura. Queremos ver quais são os maiores desafios para que a Igreja Moçambicana caminhe rumo à maturidade, e suprir essas áreas com um material de Estudo Bíblico Cronológico bem elaborado, com ênfase nas áreas onde a Igreja está mais carente, e contextualizado à realidade africana.
O trabalho de contabilidade e recursos humanos da missão também tem andado bem, porém, tem nos deixado bem cansados. Graças a Deus que este é um trabalho apenas temporário, em junho do ano que vem chegará o casal Jonathan e Lisa Parker, que trabalhará definitivamente com essas áreas. Então, se Deus assim nos permitir, estaremos entrando no povo Tawara onde trabalharemos na plantação de igreja. Esperamos que até lá a equipe já esteja pronta para a entrada na aldeia.
Com a saída da missionária Sueli que ensinava as crianças da igreja, a Isabel está agora a ensiná-las. Orem para que Deus trabalhe na vida desses pequeninos, e para que a Isabel tenha sabedoria.
Nosso adversário, o diabo, tem nos atacado muito aqui em Moçambique. Ele tem usado diversas estratégias para tirar nossa paz e nos deixar estressados e nervosos, e nossos visinhos tem sido os próprios instrumentos do inimigo. Quase todo final de semana fazem festas e bebedeiras bem no nosso quintal, bem embaixo da janela do nosso quarto, começando a tarde e indo ate ao amanhecer. Hoje uma das visinhas começou a ouvir musicas às 6 da manhã e até agora (21hs) ainda não desligou o som. Já quebraram o para-brisa do nosso carro. Nossa casa, ao invés de ser um refúgio, tem se tornado um lugar desagradável. Irmãos, por favor, continuem a orar por nós, pois essas situações muitas vezes nos desanimam. Sabemos que o diabo não está contente com a obra de Deus.
Peço orações pela saúde da Isabel. Ela tem sentido fortes dores no peito, o que nos tem deixado muito preocupados e muito mais cansados. Os médicos daqui de Nampula não estão dando interesse na situação dela, então estamos pensando em ter uma consulta na África do Sul, onde os recursos são um pouco melhores. Mas pra isso teremos uma despesa grande, que no momento não podemos fazer.
Outro pedido de oração é por nosso sustento. Desde que chegamos aqui nosso sustento diminuiu em quase 500 dólares. viemos com o sustento mínimo (50% do valor ideal) na esperança de que quando chegássemos aqui esse valor aumentaria. Mas o que tem acontecido é o contrário. O que temos hoje é suficiente para viver aqui em Nampula, mas para realizar um ministério de tempo integral, vivendo em uma aldeia isolada entre o povo Tawara, o que temos é apenas um terço. Contamos com suas orações.
Em Cristo, missionários Rafael & Isabel Mapa.